Seguidores

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Guia de Sobrevivência para as belas modernas. Vale a pena?


Como sabem com a Cosmopolitan deste mês sai gratis este pequeno livro que se apresenta como um guia essencial a qualquer mulher. Confesso que comprei a revista para me entreter, pois cheguei ao meu local de trabalho e não estava lá ninguém para me abrir a porta, e tive de esperar 3horas, e decidi entreter-me num café com um cházinho e uma revista. Nunca gostei da Cosmo, e parece que continua igual.... mas o que me chamou mais à atenção foi mesmo o livro. Li-o em 1 horita e ficam aqui as minhas impressões:
- Livro básico para alguém que não saiba nada sobre beleza, é fácil de ler, claro, e tem os pontos chaves para a beleza fisica, e também mental, plena da mulher. Vale a pena adquiri-lo se for assim gratis com a revista, pois vendido sozinho é muito mais caro.
- Livro dispensável para quem sabe um pouco ou muito sobre beleza. (pois trata mesmo de questões base como os produtos que se devem usar para limpar a cara, tipo de pele, etc) Não vale a pena comprar, nem com a revista LOL (da qual não gosto nada, mas claro, é apenas a minha opinião.)
- Gostava de dizer à autora do livro, uma senhora jornalista, que lá pela amiga dela ser ruiva isso não denuncia em nada a sua descendencia 'celta', pois não existe uma etnia celta nem nada que se pareça. LOL

14 comentários:

  1. Também não achei o livro nada por aí além.

    ResponderEliminar
  2. Oi Inês, por ser ruiva não significa muito, apenas que é ruiva hehehe, mas de facto existem estudos sobre a descendência celta que por acaso incluem dados factuais do norte de portugal e espanha.
    Uma beijoca grande, Ana

    ResponderEliminar
  3. Daniela, é bom para quem pouco sabe, pois é simples de ler e até divertido às vezes. mas para mim por exemplo nao valeu de muito!

    Ana, eu achei piada à maneira que a escritora disse. bem eu posso falar deste tema de mão cheia porque o estudo, e posso-te dizer que não existe uma etnia celta (todas as pessoas ruivas sao 'celtas' ou todos os olhos azuis são 'celtas' nao faz mm sentido), o que existe é uma cultura 'celta' mas que só se forma apartir de seculos posterioes. esses estudos que falas devem-se referir a epocas remotas (idade do bronze) e está amplamente provado arqueologicamente que não há uma invasão 'celta' como nos ensinam no básico, matuloes barbaros loiros ruivos de olhos azuis não invadiram a PI, o que há é uma crescente influencia atlântica (e isso vê-se quando populaçoes de cá começam a copiar modelos artefactuais atlanticos), precisamente nas areas que referiste, que vêm das Ilhas britanicas, atraves de trocas comerciais da epoca. pronto espero não ter sido maçuda LOL mas achei piada à maneira que a senhora o disse no livro!**

    ResponderEliminar
  4. Eu não gostei nada do livro..porque para já há coisas que ela disse que não são verdade, depois é tudo muit muito básico, ou seja, nada que não se saiba...portanto nem dado ele vale a pena! :/

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oi :), finalmente alguém com quem posso falar destas coisas.
    Discordo de algumas coisas que dizes por estudos que fiz da cultura Galaica :-), mas o que estudo a que me referia é mesmo genético e por isso tive o cuidade de dizer descendência e não etnia (curiosamente era a influência na genética nos irlandeses dos povos celtas que habitavam o Norte de Portugal e Espanha mais tarde conhecido como Gallaecia), mas não discordo de ti na parte em que falas das etnias, isso não faz muito sentido nos dias que correm, pois uma etnia é algo que inclui coisas como cultura e língua.
    Anyway, os olhos azuis e pessoas de pele clara poderão ser de facto influências genéticas de povos invasores provavelmente provenientes do Norte Europeu, antes dos romanos, existiam várias tribos denominadas celtas (onde os da lusitânia tb se encaixariam) e celta não significa ser loiro, ou ruivo ou ter olhos azuis, mas sim um modo de vida.
    Em relação à cultura celta, ela existiu sim, em portugal, e hoje apenas restam pequenas influências na cultura popular, que não deixam de ser importantes pois fazem parte da nossa história como povo.
    Por isso, eu concordo, não existe nos dias que correm uma etnia celta, mas existe uma descendência cultural.

    Bem já me alonguei, beijocas grandes,
    Ana

    ResponderEliminar
  6. nem sabia que vinha com um livro..ando mesmo away lololol

    ResponderEliminar
  7. bem pelos vistos esse livro é uma grande treta lol ... cheira-me a leitura de domingo à tarde quando não há nada para fazer :/ e provavelmente também foi escrito nessas condições :x
    e essa da etnicia celta matou-me LOL ... há gente que pronto
    beijocas *

    ResponderEliminar
  8. Obrigada a todas!!!
    -Já poupei dinheiro numa revista que nunca compro mas cujo título do livro me poderia interessar;
    - Já aprendi mais pormenores (para além dos do ensino escolar) da história de Portugal e do mundo.
    Afinal por aqui não são só coisas de beleza! Ha poupança e giraças inteligentes :-D

    ResponderEliminar
  9. Hum... pelo preço da revista e ainda mais um euro, não me parece :P
    Podes sempre transcrever umas coisinhas e por aqui, haha
    ***
    Kat

    ResponderEliminar
  10. não conheciia ainda :D
    to te seguindo
    bjs

    ResponderEliminar
  11. Isto e um aparte mas li um comentario que fizeste a cerca dos testes em animais e concordo contigo plenamente dai vou seguir o teu blog. Bj

    ResponderEliminar
  12. oi querida amei o seu blog...
    vou segui-lo, gostaria que seguisse o meu tabm...
    bjinhos
    dicasearte.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Por acaso também li o livro,é porreiro mas nada de outro mundo.

    http://styleloveandsushi.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  14. Olá. Comprei a revista por causa do livro mas não achei nada de especial. Não fala sequer de maquilhagem, cabelos, perfumes... (ou então fui eu que não li bem). Muito incompleto.
    Bjs

    ResponderEliminar

Poderá gostar de:

Related Posts with Thumbnails